O OPINÃO

ESTRANHO QUE FIFA E UEFA VEJAM PROBLEMAS APENAS NO MOÇAMBOLA

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Uma equipa de peritos da UEFA que esteve nos últimos dias em Maputo e manteve encontros com vários actores do futebol nacional emitiu um parecer que, segundo o presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), Feizal Sidat, assenta que nem uma luva num parecer idêntico emitido por uma equipa similar, mas da FIFA que, em 2020, apontou para a necessidade de reformulação do modelo de disputa do Moçambola, que deve passar a ser uma competição feita a nível regional.

Até aqui nada estranho ao facto das equipas da UEFA e FIFA terem tomado posicionamentos idênticos, até porque um dos elementos que cá esteve o ano passado fazia parte do grupo de especialistas que nos últimos dias esteve na capital do país, destacando-se que durante o lapso de tempo que não esteve em Moçambique o futebol nacional não conheceu uma evolução de vulto que justificasse a tomada de uma opinião contrária.

Todavia, o que em tudo isto me parece estranho é uma espécie de conclusão simplista sobre os problemas enfrentados pelo futebol moçambicano e o apontar de caminhos que deve trilhar para se desenvolver emitidas por especialistas de duas entidades deveras competentes na gestão do futebol.

Narciso Nhacila
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Publicidade
UBI-interactivo-MREC 1 (2)

Director: Almiro Santos
Chefes da Redacção:
Reginaldo Cumbana e Gil Carvalho

Desafio é um Jornal desportivo, produto da Sociedade do Notícias.

O Jornal esta disponível em formato físico impresso, o mesmo pode ser lido em formato electrónico.

Play Store

AppStore

SNLogo2

Propriedade da Sociedade do
Notícias, SARL
Direcção, Redacção e Oficinas
Rua Joe Slovo, 55 • Cx.Postal 327
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
( Tel's: 21320119 / 21320120 )
Topo
Baixo